Causa Galiza celebrará o Dia da Galiza Combatente no outeiro de Santa Susana


A nossa organizaçom celebrará o Dia da Galiza Combatente 2014 homenageando @s independentistas galeg@s e militantes do EGPGC, Lola Castro Lamas e José Vilar Regueiro, Mariana e Marcos, polos seus nomes na clandestinidade, que falecérom em Compostela em 1990 no decurso dumha cadeia de açons desenvolvida pola organizaçom armada galega contra os negócios do narcotráfico no país.

 

O sítio escolhido para o ato é o outeiro de Santa Susana no interior da Alameda de Compostela. Neste reduzido espaço, concitam-se dous acontecimentos históricos trascendentes para a Galiza: a assembleia irmandinha de 1467, que deu passo ao início do prolongado assédio e destruiçom do Castelo da Rocha Forte –símbolo do odioso regime sócio-político da altura-, e a celebraçom clandestina do primeiro Dia da Pátria sob a Ditadura Militar, com a Alameda ocupada pola BPS e o Exército espanhóis.

 

Neste contexto de crise do regime pós-franquista, Causa Galiza quer “por em valor” com este ato a firmeza e coerência mantidas polo independentismo galego na sua oposiçom ao regime colonial desde a década de 70, pagando um altíssimo custo humano e político por ambas, assim como evidenciar que o nosso povo detrás tem umha história de auto-organizaçom, determinaçom e resistência coletiva que é urgente resgatar e repotencializar como alento para o desenvolvimento do processo independentista.

 

Intervençons

 

No Outeiro de Santa Susana produzirám-se várias intervençons rumadas a recuperar a memória de Lola Castro e José Vilar e a sua significaçom política para o presente, assim como a contextualizar o combate independentista atual na estratégia longa de liberaçom nacional e social do nosso povo. Animamos os independentistas galegos e galegas a participar neste encontro de militantes e simpatizantes.