Causa Galiza chama a participar na manifestaçom nacional de solidariedade como o processo independentista catalám

 

O processo independentista catalám aproxima-se do momento álgido: a celebraçom do referendum de autodeterminaçom convocado para domingo. A sua criminalizaçom e proibiçom expressa por parte do Governo espanhol, que aposta todo na via policial e militar, evidenciam, por enésima vez, a natureza antidemocrática do regime surgido da Transición. É o momento, pois, de tensionar e agudizar as suas contradiçons e reforçar a nossa própria aposta independentista.

Causa Galiza, que participa em Galiza com Catalunya para reclamar a legitimidade do exercício unilateral do direito de autodeterminaçom e o processo independentista em curso, chama o povo em geral e @s independentistas em particular a participar na manifestaçom programada por esta iniciativa para sábado como expressom de apoio à rutura democrática e à independência nacional de Catalunha e rechaço da sociedade galega à estratégia policial e militar do Estado no conflito.

Causa Galiza acha que o desenvolvimento do processo catalám desde 2012 pujo a nu os limites infranqueáveis do quadro autonómico e das estratégias que no passado se fundamentárom na fiçom de que era fatível a elevaçom continuada do teito competencial. Hoje fai-se evidente que, no Estado espanhol, a soberania nacional da Galiza, Euskal Herria e Països Catalans só é viável através de processos unilaterais de acumulaçom de forças independentistas que superem a legalidade espanhola pola via dos factos.

Alerta

Para além da participaçom na manifestaçom nacional convocada por Galiza com Catalunya, Causa Galiza apela à militáncia independentista e soberanista para estar alerta perante a evoluiçom dos acontecimentos em Catalunha e a convocatória de concentraçons e mobilizaçons populares para denunciar qualquera atuaçom impositiva do Estado espanhol contra o processo democrático de autodeterminaçom de Catalunha.