Causa Galiza chama o povo galego a multiplicar a presença de bandeiras nacionais em fachadas, janelas e balcons

 

  O Governo espanhol alimenta nas últimas semanas na Galiza umha intensa campanha espanholista para adoutrinar a maioria da sociedade galega nas posiçons antidemocráticas que sustenta o Estado no conflito catalám e, aliás, legitimar e normalizar socialmente a presença da simbologia espanhola, que amplos setores do País identificamos como expressom de imposiçom, negaçom e fascismo.

   Os principais empórios comunicativos, com La Voz de Galicia como mascarom de proa, fam parte da iniciativa, que fomenta umha catalanofobia irracional, sataniza o direito de autodeterminaçom e reforça ideologicamente o unionismo. O seu resultado imediato é o tímido agromar de bandeiras espanholas em vilas e cidades e a emergência dum neofranquismo sociológico que, se bem sempre estivo latente e acovardado, se sinte agora potencializado após a mensagem do Chefe do Estado espanhol que advirte da política de guerra contra Catalunha.

Campanha própria

   Causa Galiza desenvolverá nas próximas semanas nas ruas e praças do País umha iniciativa própria para denunciar esta campanha unionista, afirmar a nossa simbologia nacional e denunciar os brotes de neofranquismo. Convidamos o povo em geral e aos agentes sociais e políticos em particular a exibirdes por todos os meios possíveis a simbologia galega, explicitando o conflito de interesses e projetos que esta exprime e impossibilitando coletivamente qualquer retrocesso.

 

Por algún motivo no se a completado la carga del carrusel, pincha el botón recargar para intentarlo de nuevo.

Recargar