Causa Galiza convoca os agentes políticos, sindicais e juvenis nacionais para avaliarem a possibilidade dumha convocatória independentista comum no Dia da Pátria

Causa Galiza convocou os agentes políticos, sindicais e juvenis independentistas e nacionalistas a umha reuniom exploratória a celebrar neste sábado 26 de maio para avaliar as opçons de convocar neste Dia da Pátria 2018 umha única manifestaçom nacional sob parámetros de crítica do quadro autonómico, denúncia do cenário de Emergência Nacional e Social e a deriva autoritária do regime espanhol e de aposta, em positivo, na rutura democrática e a independência nacional.

Causa Galiza acha que, apesar da inexistência de folhas de rota partilhadas no campo sócio-político nacionalista, sim existe um mínimo comum denominador que facilitaria —do mesmo jeito que em 2015, mas com um perfil mais avançado— a convergência dos setores populares nacionalistas e independentistas no dia nacional, convertendo a jornada numha afirmaçom do projeto estratégico de naçom independente em vez de na tradicional concorrência desigual de projetos partidários.

Agentes convidados

Esse mínimo comum denominador pivota sobre o diagnóstico genérico da situaçom nacional crise do regime espanhol, Emergência Nacional e Social, esgotamento do autonomismo, papel da esquerda espanhola com presença institucional nesta crise, etc., e, aliás, sobre as alternativas para superá-la: rutura democrática com o Estado espanhol e perspetiva independentista, como única concreçom fatível da soberania política nas condiçons concretas do atual Estado espanhol.

A convocatória está dirigida às organizaçons políticas Agora Galiza, Assembleia Nacional Galega (ANG), Anova, BNG, Cerna, Coletivo Nacionalista de Marim (CNM), Compromiso por Galicia, Frente Popular Galega (FPG), Galiza em Rede, Movimento Galego ao Socialismo (MGS), Partido Comunista do Povo Galego (PCPG), Uniom do Povo Galego (UPG); as centrais sindicais CIG, CUT, Fruga e SLG e as organizaçons juvenis e estudantis Anega, Bátega, Briga, Erguer, Espiral, Galiza Nova, Isca!, UMG e Xeira.

Proposta com projeçom pública

Causa Galiza fará a sua própria avaliaçom pública do desenvolvimento da proposta apresentada e convida os agentes políticos, sindicais e juvenis citados à reuniom exploratória a fazerem o próprio, de jeito que os significativos setores populares que sabemos empatizam com esta iniciativa pontual de unidade de açom em chave de rutura democrática e independentismo conheçam com claridade a sua gestaçom e opçons finais de concreçom.

Causa Galiza avalia que neste momento histórico torna-se imprescindível colocar sobre a mesa propostas de açom e trabalho político à altura da gravidade da situaçom nacional, que devem assumir, necessariamente, a rutura democrática com o Estado espanhol e umha perspetiva independentista desacomplexada, que é, repetimos, a única opçom para a soberania nacional. Anexamos em formato pdf a carta enviada com esta proposta política pontual.