Causa Galiza seguirá a avaliar as opçons existentes para convocar umha mobilizaçom ruturista e independentista no Dia da Pátria

Celebrou-se hoje a reuniom exploratória convocada pola nossa Organizaçom para estudar as possibilidades de celebrar umha única manifestaçom neste Dia da Pátria sob parámetros de rutura democrática com o Estado espanhol e aposta estratégica independentista. À cita, à que fôrom convidados 26 agentes políticos, sindicais e juvenis do campo nacionalista e independentista, assistírom seis.

AG, ANG, Briga, CUT, Compromiso por Galicia e Isca! fôrom os agentes presentes na reuniom. O BNG comunicou a sua inassistência, informando de que o seu Conselho Nacional celebrado nesta manhá avaliaria a tradicional convocatória partidária da formaçom nacionalista. A recetividade final da iniciativa e as posiçons expostas polos agentes que participárom na reuniom exploratória fam com que a materializaçom da proposta de Causa Galiza fique desbotada.

Causa Galiza seguirá a avaliar nos próximos dias as possibilidades existentes para que neste Dia da Pátria exista umha convocatória de mobilizaçom nacional explicitamente comprometida com a rutura democrática com o Estado espanhol e com umha perspetiva estratégica independentista, que é, da nossa ótica, umha vez liquidada por completo a imaginada via estatutária, a única opçom para a concreçom da soberania nacional.

Avaliaçom de urgência

Desde a admissom da modéstia das nossas capacidades, interpretamos que a indisposiçom da maioria dos agentes a materializarem esta convergência pontual no dia nacional sob os parámetros propostos revela, mais umha vez, o vigor que sustentam os respetivos encasilhamentos partidários, o peso determinante da perspetiva eleitoral e institucional e, também, a inassunçom de que o binómio entre rutura democrática e independentismo é hoje a única opçom de futuro para a naçom galega, a classe trabalhadora e as classes populares.