Causa Galiza inicia denúncia pública da sua possível ilegalizaçom pola Audiência Nacional

O juízo a celebrar proximamente na Audiencia Nacional contra 12 independentistas, além de dilucidar a situaçom penal, laboral e civil das pessoas processadas, resolverá também sobre a existência legal de Causa Galiza. A Audiencia Nacional situa a Organizaçom junto a Ceivar como a "banda criminosa" (sic) em que se integrariam as encausadas e a sua condena implicaria automaticamente a disoluçom.

A gravidade do passo que o tribunal de exceçom pode estar a piques de executar nom afeta só à ilegalizaçom de facto: assentaria aliás um precedente jurídico —a laminaçom por via judicial dumha organizaçom independentista galega— que poderia ser de aplicabilidade para coletivos militantes que, no futuro, apostassem numha reorganizaçom do independentismo politicamente organizado.

Campanha política

O cenário apontado implica um importante salto qualitativo na repressom, ao por no ponto de mira a existência legal do independentismo organizado. Neste sentido, junto a outras iniciativas em curso, iniciamos nesta semana umha campanha de sélfis nas redes sociais para denunciar publicamente a eventualidade da ilegalizaçom e acumular forças por volta do processo político-judicial a celebrar.

O cartaz de denúncia da ilegalizaçom pode-se descarregar desde as ligaçons que anexamos ao pé desta informaçom. O método é do mais singelo: impressom, realizaçom da foto e envio através da nossa conta de Twitter (@causagaliza) ou correio nacional (info@causagaliza.org). Ficamos à espera das vossas contribuiçons e convidamos-vos a dar a máxima difusom a esta informaçom e convite.