Causa Galiza valoriza positivamente a suspensom da palestra de Martín Villa nas Pontes

 

  A nossa Organizaçom valorizou positivamente a decisom da câmara municipal das Pontes, com maioria absoluta do PSdeG-PSOE, de suspender a palestra programada para este sábado no auditório municipal da vila com a presença de Rodolfo Martín Villa. Este ex diretivo de ENDESA foi umha personagem ligada ao fascismo e peça chave na administraçom estatal da repressom no período convulso que vai de 1976 a 1979. A convocatória lançada por Causa Galiza para denunciar a participaçom do ex dirigente do Movimiento Nacional num ato público na Galiza logrou assim o objetivo procurado.

 

  Nesta reaçom da PSdeG-PSOE, para além da demagogia empregada para justificá-la, alegando “razons de segurança” inexistentes para as pessoas que acudissem ao ato, há umha eleiçom inteligente: a suspensom da comparecência do ex dirigente fascista para evitar um conflito público com dimensom nacional e, incluso, estatal, que evidenciasse o compromisso do partido espanhol com o seu convidado, que é um indivíduo sobre o que hoje pesa umha ordem de detençom internacional por crimes de lesa Humanidade desobedecida polo Executivo espanhol.

 

  Anunciamos a nossa intençom de reagir de maneira idêntica no futuro ante situaçons similares, umha vez que é completamente intolerável de umha elementar ótica democrática normalizar a apologia da repressom, permitir que indivíduos que tenhem as maos manchadas de sangue operário e de opositor@s polític@s vendam a sua mercadoria trucada no nosso País, ou facilitar instalaçons públicas para promocionar esse tipo de atividades. O nosso compromisso antifascista é parte inseparável do compromisso com a luita de liberaçom nacional e social da Galiza.