Recordaremos a Revoluçom Galega de 1846
em Sam Martinho Pinário neste 26 de abril


    Recuperar a memória é tarefa essencial na construçom do processo independentista. Neste sentido, desde que Causa Galiza se constituiu em 2007 como iniciativa popular soberanista até hoje, como organizaçom política para a liberaçom nacional, a referência da Revoluçom Galega de 1846 estivo sempre presente. Neste ano, seguindo esta breve tradiçom, homenagearemos mais umha vez os mandos, os soldados e a trama popular que, com Antolim Faraldo à cabeça, luitárom contra a Coroa de Espanha para que a Galiza fosse “temida e respeitada”.

   

  O ato consistirá em duas breves intervençons histórica e política com o objetivo de atualizar a memória dos factos de 1846 e ligá-los às tarefas do presente. Desenvolverá-se frente à fachada da igreja de Sam Martinho Pinário, que é o mosteiro onde resistírom os últimos combatentes daquela Revoluçom Galega às tropas espanholas. Causa Galiza convida as e os independentistas a arroupardes com a vossa presença esta celebraçom que terá continuidade com um jantar popular a celebrar no centro social A Gentalha do Pichel e para o que é preciso comunicar previamente a assistência.