Causa Galiza chama a saír para a rua em defesa da independência nacional e a República Galega
A abdicaçom do rei espanhol Juan Carlos I de Borbón y Borbón é um ponto de inflexom na atual crise do regime surgido da reforma cosmética da ditadura franquista. Como no período 1975-1978, quando se fraguou a fraude da Transición Democrática, a oligarquia espanhola trata de perpetuar o seu domínio e superar com reformas superficias a grave crise de legitimidade do sistema político, do modelo de Estado de las Autonomías e do sistema económico.
Avançamos, pois, face umha Segunda Transición que tratará de mudar aspectos secundários da dominaçom para perpetuar a posiçom da oligarquia espanhola e a opressom das naçons sem Estado submetidas por Espanha. Neste contexto de debilidade do Estado espanhol, Causa Galiza acha urgente reativar e revitalizar a unidade de açom das forças soberanistas e independentistas e que estas liderem, com o epicentro no nosso país, a contestaçom popular ao regime.

Nom há soluçons para as problemáticas de empobrecimento maciço, emigraçom, precariedade, assimilaçom identitária, espólio, etc. que padece a Galiza numha mudança do regime espanhol. Apenas um processo independentista de massas, que se culmine com a constituiçom dum Estado próprio em forma de República Galega sob o mandado da maioria social, é imaginável implementar as políticas que necessita o Povo Galego.

Mobilizaçom

Causa Galiza chama as galegas e galegos a sairmos hoje maciçamente para a rua a reivindicar a rutura democrática com o regime e o Estado espanhóis e a constituiçom da República Galega. Anexamos a continuaçom as convocatórias para hoje às 20:00 h:

Crunha. Praça de Ourense frente à Delegación del Gobierno de España

Lugo. Praça Maior frente à câmara municipal.

Ponte-vedra. Praça da Peregrina.

Ferrol. Praça do Hino Galego.

Ourense. Praça Maior.

Compostela. Praça do Toral.

Vigo. Rua do Príncipe frente ao Marco.

Foz. Parque Conde Fontao.

Vila Garcia de Arousa. Praça da Galiza