Causa Galiza valoriza positivamente a mobilizaçom do Dia da Pátria 2014
Após os processos que, desde 2007, procurárom a unidade de açom das distintas correntes independentistas, o presente ano era a primeira ocasiom em que Causa Galiza se manifestava como organizaçom política independentista após o processo de reconfiguraçom da iniciativa original concluido em março passado. A Mesa Nacional da nossa Organizaçom fai a seguinte valorizaçom dos atos do Dia da Pátria:
1º Parabenizamo-nos da intensa campanha desenvolvida em todo o país desde primeiros de julho, que logrou ativar várias dezenas de independentistas galegas e galegas através de assembleias abertas nas once comarcas em que se desenvolveu. Esta campanha nacional complementou-se com a denúncia da presença do rei espanhol no nosso país e a caracterizaçom como “crime de Estado” do sinistro acontecido em Angrois em 2013.


2º Por volta de 220 independentistas mobilizárom-se com Causa Galiza neste Dia da Pátria segundo a contagem personalizada realizada pola nossa organizaçom em duas ocasions entre a praça da Galiza e a praça de Ponte Castro.


3º Embora as cifras reais de assistência e a nutrida assistência à I Romaria Popular podam resultar muito satisfactórias para a nossa Organizaçom, à vista das possibilidades do contexto atual, parece umha obviedade assinalar que resta muito por fazer.


4º O atual apoio social para o projeto político independentista que representa Causa Galiza está muito longe de alcançar o seu teito, polo que é imprescindível intensificar a intervençom social, o fortalecimento das estruturas organizativas e a capacidade de iniciativa política da Organizaçom. A estas tarefas é que dedicaremos os nossos esforços a partir de agora.


5º Manifestamos, por último, a nossa grande satisfaçom a respeito do sucesso alcançado pola VII Cadeia Humana pola Liberdade dos Presos e Presas Independentistas Galegas, com um intenso incremento da participaçom num contexto de aceleraçom repressiva, assim como da consolidaçom da mobilizaçom unitária da mocidade independentista, que normaliza e asenta umha dinámica de unidade de açom que, embora pontual, assinala um caminho urgente.



Na Terra, em 29 de julho de 2014